Motorista do caminhão teria deixado o veículo ligado enquanto tomava café do outro lado da pista; um depósito de mercadorias foi destruído, além da parede do restaurante do posto.

 

m caminhão desgovernado invadiu um posto de combustíveis e destruiu parte da estrutura do local na manhã desta terça-feira (24), em Santa Cruz de Salinas (MG). O acidente ocorreu à altura do km 250, na BR-251. O veículo, de acordo com a Polícia Militar, atravessou a rodovia sem freio e sem condução, após ter sido deixado ligado do outro lado da pista pelo motorista, que desceu para tomar um café; ninguém se feriu.

Um depósito de mercadorias foi destruído pelo caminhão desgovernado, além de um carro, motos e a parede do restaurante do posto de combustíveis. O dono da empresa, José Carlos Brito, diz não saber por onde começar a contabilizar os prejuízos. “Perdemos a garagem, escritório e parte do restaurante, além do carro e duas motos. Não tenho nem noção de quanto o estrago representou em valores reais, só sei que não é nada pequeno”, comenta.

Para o empresário, ninguém ter sido atingido pelo veículo foi um alívio. Ao ouvir o barulho, José Carlos diz ter pensado em estragos piores. “Foi um susto danado. Eu, que moro aqui no posto em um dos quartos, ouvi tudo quando acabei de levantar da cama. Estava escovando os dentes e escutei o estrondo, logo saí correndo para o salão do restaurante. Vi que ninguém havia se ferido e fiquei muito aliviado”, afirma.

O dono do posto de combustíveis afirmou que, em acordo com o motorista, ficou definido que a empresa de caminhões fará reparos no local. Segundo a PM, o condutor do veículo não tinha sinais de embriaguez e informou, durante depoimento, que não passou a noite trabalhando.

“O motorista disse que dormiu direito, não tinha sinais de embriaguez. Aparentemente, foi um descuido, ou falha do caminhão. O condutor contou que deixou o carro ligado, com o freio de mão puxado para tomar um café, e quando se deu conta o caminhão tinha descido”, explica o soldado Anderson Ruas, da Polícia Militar de Santa Cruz de Salinas.

Fonte: G1 Grande Minas

Compartilhar publicação

Facebook WhatsApp Twitter Google+ linkedin