Segundo a Polícia Civil, ela ajudou na logística em um sequestro de uma gerente de banco em Nanuque em abril; dois comparsas já estavam presos.

 

ma mulher de 26 anos foi presa nesta quarta-feira (23) em Araçuaí (MG) suspeita de fazer parte uma quadrilha especializada em sequestros. De acordo com a Polícia Civil, o mandado de prisão foi expedido pela comarca de Nanuque após dois comparsas dela, também suspeitos de atuação no grupo e que foram presos anteriormente, entregarem a mulher.

Após levantamento de informações, a suspeita foi encontrada na residência do namorado. Aos investigadores ela negou participação do crime, mas a PC acredita que ela ajudava na logística das ações. A mulher foi levada ao Presídio de Araçuaí e deverá ser encaminhada, em seguida, para Nanuque.

Crimes

Segundo a PC, a quadrilha é suspeita de ao mesmo três sequestros realizados neste ano. O último deles foi em abril, mediante extorsão, quando o grupo invadiu a casa de uma gerente de banco, de 50 anos, em Nanuque, e exigiu que a vítima efetuasse saque de dinheiro. Segundo a polícia, os autores fizeram a gerente refém em sua casa e chegaram a ameaçar a vítima de morte, colocando um explosivo falso amarrado em suas costas.

Parte do grupo, dois homens, foi preso no mesmo dia, após a polícia identificar o crime e encontrar o esconderijo usado pelos autores para levar os reféns. No local, os policiais encontraram cartas e documentos endereçados a duas mulheres, comparsas das ações, entre elas a suspeita presa nesta quarta-feira.

A Polícia Civil ainda procura outra mulher que também teria participação nos crimes. A polícia não comentou se o grupo é suspeito de outros crimes.

Fonte: G1 Grande Minas

Compartilhar publicação

Facebook WhatsApp Twitter Google+ linkedin