Conhecido como ‘Rei do Pó’, traficante já havia sido preso em 2014 e foi indiciado por 10 crimes; cocaína era comercializada em várias festas da cidade.

 

Polícia Civil de Salinas prendeu o maior traficante de cocaína da região em uma operação realizada nessa sexta-feira (2). Dois funcionários dele e um usuário da droga também foram detidos. Conhecido como ‘Rei do Pó’, o traficante, de 44 anos, já havia sido preso em 2014 e foi indiciado por 10 crimes de tráfico de drogas. Ele cumpriu pena por 10 meses e desde então voltou a chefiar o tráfico na cidade.

Na época da prisão, o público-alvo era formado por pessoas de classes média e alta e a cocaína era vendida de duas maneiras, na casa do investigado, ou por meio de entregas, feitas por ele, de moto. “Antes a clientela era só dessas classes, agora ele tava vendendo indiscriminadamente, inclusive em festas que ocorriam na cidade. Ele tinha os ‘aviõezinhos’ que comercializava a cocaína nos eventos”, disse o delegado José Eduardo dos Santos.

O delegado explicou que a droga era vendida em pequenas quantidades. “Após a prisão anterior, ele melhorou a ação criminosa, dificultando o trabalho de investigação. O traficante vendia três porções de cocaína de cada vez e mantinha a droga na mão próximo ao telefone. Mediante qualquer suspeita, ele engolia as porções e simulava uma conversa ao telefone”. Ainda segundo o delegado, ele cometia o crime há mais de 20 anos.

Durante as investigações, a Polícia Civil descobriu que o suspeito efetuaria diversos crimes nessa sexta e começou a monitorá-lo. “Com isso foi possível identificar os traficantes que atuavam subordinados a ele e desmantelamos uma rede de tráfico de drogas”.

Os quatro presos foram encaminhados à delegacia; três foram ouvidos e liberados, mas vão responder pelo crime em liberdade. O chefe do tráfico foi encaminhado ao presídio.

De acordo com o delegado, o inquérito deve ser concluído em 30 dias e remetido a Justiça.

Fonte: G1 Grande Minas

Compartilhar publicação

Facebook WhatsApp Twitter Google+ linkedin