Criminosos levaram aproximadamente R$ 200 mil durante a ação, na madrugada da quinta-feira (7); sete pessoas foram presas por participação no crime.

 

A polícia recuperou cerca de R$ 90 mil roubados de uma agência do Banco do Brasil em Rio Pardo de Minas, no Norte do estado. A explosão foi na madrugada desta quinta-feira(7) e os criminosos fugiram levando aproximadamente R$ 200 mil.

Segundo a PM, cerca de 15 pessoas participaram do crime; até a tarde desta sexta-feira (9) sete foram presas por envolvimento na ação. “Parte deste dinheiro foi apreendido com os quatro integrantes presos ainda na manhã dessa quinta. Eles foram abordados na rodovia MG-404, que liga as cidades de Taiobeiras e Salinas”, explica o sargento André Luiz Marques dos Reis.

Outros dois criminosos foram presos em um táxi, na cidade de Montes Claros. A polícia informou que o sétimo integrante preso, um homem de 37 anos, é da cidade de Taiobeiras. “Nós identificamos que ele estava dando suporte à quadrilha. Pelos levantamentos iniciais, ele deu apoio logístico, como rota de fuga e informações sobre a região”, diz o sargento.

Durante a operação os policiais encontraram ainda um fuzil calibre .30 e uma pistola 380; as armas estavam em um esconderijo, em uma mata. A polícia explicou ainda que outro integrante, também da cidade de Taiobeiras, foi identificado, mas até a tarde desta sexta ele não foi preso.

O crime

De acordo com a Polícia Militar, a quadrilha se dividiu em três grupos durante o crime. Um grupo ficou em volta do quartel da PM atirando, outro permaneceu monitorando as casas dos policiais, enquanto o restante da quadrilha explodia a agência bancária.

A ação simultânea durou 45 minutos. Um dos tiros acertou a parede do quartel e cinco disparos atingiram uma viatura; ninguém ficou ferido. Segundo a polícia, a parte externa da agência ficou danificada. Os suspeitos fugiram em carros e motocicletas.

Fonte: G1 Grande Minas

Compartilhar publicação

Facebook WhatsApp Twitter Google+ linkedin