Campeões para Vida’ é desenvolvido através de aulas gratuitas ministradas por um sargento da Polícia Militar; ação também acontece em Montezuma.

 

Repassar bons valores, mostrar a importância da disciplina e orientar as crianças para um futuro melhor. Estes são alguns dos objetivos do projeto Campeões para Vida, que usa as aulas de jiu-jítsu para aproximar os jovens de uma melhor vida social.

A ação é desenvolvida há cerca de dois meses na cidade de Santo Antônio do Retiro, no Norte de Minas, com aulas ministradas pelo sargento da Polícia Militar, Daniel Batista Santos, de 30 anos. O policial explica que o projeto foi criado, inicialmente, em Montezuma, há dois meses, e agora também chega a Santo Antônio.

– O projeto constitui uma maneira eficaz de aproximação das crianças e adolescentes com a PM, de modo que constitui uma atividade complementar a escolar, sendo uma ação preventiva que tem por fim evitar o envolvimento dos menores com o crime, sobretudo o trafico de drogas -, destaca Daniel Batista.

Todas as aulas são gratuitas e o sargento da PM utiliza seus horários de folga para instruir os jovens atletas. O Campeões para Vida recebe crianças com idades entre 10 e 16 anos; todos precisam ser matriculados nas escolas públicas e comprovar frequência. No momento são 50 alunos participantes do projeto, mas Daniel destaca que já são mais de 100 crianças cadastradas nos dois municípios.

Fonte: G1 Grande Minas

Compartilhar publicação

Facebook WhatsApp Twitter Google+ linkedin