Dados são referentes ao feriado prolongado, entre 29 de dezembro e 1º de janeiro. Mais de 400 pessoas ficaram feridas.

 

Quinze pessoas morreram entre os dias 29 de dezembro e 1º de janeiro nas estradas estaduais e federais que cortam Minas Gerais, conforme balanços divulgados nesta terça-feira (2).

De acordo com a Polícia Militar Rodoviária, no período, dez óbitos ocorreram nas rodovias estaduais e federais delegadas no estado. Foram registrados 183 acidentes com 196 pessoas feridas.

Os policiais militares fiscalizaram 27.858 veículos e realizaram 1.921 testes de bafômetro. Vinte pessoas foram presas por embriaguez ao volante. A operação também resultou no recolhimento de 121 carteiras e na autuação de 308 motoristas inabilitados.

As outras cinco mortes ocorreram nas rodovias federais que cortam Minas, no feriado prolongado de Ano Novo, de acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF). O número é quase três vezes menor que o registrado durante a Operação Natal, quando 14 mortes foram registradas nas rodovias federais.

De acordo com balanço divulgado nesta terça-feira (2), 209 pessoas ficaram feridas nas BRs. No total, foram 207 acidentes. Nas rodovias federais, o dia com mais mortes foi sexta-feira (29), saída para o feriado. Na data, três pessoas morreram, de acordo com a PRF.

Fonte: G1 Grande Minas

Compartilhar publicação

Facebook WhatsApp Twitter Google+ linkedin